Jack Squad

Assassino serial Jack Squad.

Daniel craig ap 300


Geral:

Jack Squad foi preso à um ano pela policia de Temperance, acusado de assassinar nove pessoas no periodo de um ano. Todas as vítimas eram pessoas normais, trabalhadoras de empresas em Oceano, no geral jovens ainda começando a vida. No total, cinco homens e quatro mulheres cairam em suas mãos. Seus corpos eram mutilados, e nos pedaços eram escritos simbolos de antigos rituais aztecas. O xerife Bromer Collier e o escrevente Carlos Garcia desiguinaram uma força tarefa para capturar o louco assassino. Mas por uma jogada de azar, Jack deixou uma pista em seu último assassinato, um pedaço de sua faca acabou marcando um osso, que por análise do Dr. Leon Jackson, conseguiu determinar que faca era aquela. Ela havia sido comprada em uma loja em Grover Beach, que Jack visitava sempre. O proprietário da loja, disse a policia que Jack era um freguês comum, que sempre comprava artigos de caça e pesca em sua loja, e que tal faca era vendida com exclusividade por seu comércio. Com a indentificação do assassino, foram até o endereço cadastrado na prefeitura e acabaram encontrando no local um galpão onde Jack Squad executava suas vitimas. Nesse lugar foram encontradas diversas runas e simbolos dos corpos pintados no chão e paredes, e também a nona vitima do monstro estirada numa mesa ao fundo. Ela já estava morta, mas ainda não dilacerada e desenhada. Parecia que o tinham pego. Antes de sairem, ao vasculharem o galpão, descobriram uma passagem subterranea que ia para a casa vizinha, e lá o meliante foi preso. Jack Squad mantinha no rosto um sorriso de alivio, ou talvez de sarcasmo ao ver a policia. Foi preso e levado por Carlos até a delegacia, e de lá transferido para a prisão de Temperance, que fica nos limites ao Sul de Oceano. Após 8 meses aguardando julgamento, este aconteceu, e foi determinado que Jack fosse transferido para a ala psquiatrica do Hospital Geral de Temperance sob regime fechado. Fica hoje cercado de loucos de periculosidade altissima, e proibido de receber visitas. O único que conseguiu falar com Jack foi Thomas Clinton, o repórter do “THE LAMP”.
Atualmente, existe na cidade outro assassino que está levando a fama de Jack, e já foram constatados 3 casos de mesma semelhança dos padrões que Jack Squad usava, todos ocorridos na região de Oceano. O xerife Bromer Collier ainda aguarda relatório final do Dr. Leon Jackson para tomar mais providências sobre o caso.


Comentários:

Que horror ! Como esse monstro conseguiu fugir ? Não é ele ? Duvido … Bom, acho melhor investigarmos isso, pois se há um seguidor desse lunático por aí, essa bomba vai acabar estourando em nossas mãos. Quero o relatório pronto o mais rápido possível.

Xerife Bromer Collier – Delegado da cidade de Temperance

Jack Squad

Temperance nabuco